Blog da Perestroika

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

O novo criador

Todos já conhecem este filme da Dove, certo?! Passei ele pra turma 2 no último dia de aula.



Um dos criadores se chama Tim Piper, quem já ouviu falar?
É dele também o filme mais falado de 2007, ganhador de dois GPs em Cannes, para o mesmo anunciante.



Muito bom, né?! Agora vejam quantas vezes o nome do Tim aparece na ficha técnica:

Agency: Ogilvy Toronto
Creative Directors: Janet Kestin, Nancy Vonk
ACD/Writers: Tim Piper (1), Mike Kirkland
Art Directors: Stuart Campbell, Mike Kirkland, Sharon Lee Pan, Tim Piper (2)
Production Companies: Worldwide Productions, Miami; Steam, Toronto
Director: Tim Piper (3)
Photography: Mark Belvedere, Tim Piper (4), Mike Kirkland
Post Producer - Stefani Kouverianos (Soho)
Online Editor: Kevin Gibson (Soho)
Off-line Editor: Tim Piper (5)
Sound design: Vapor, Toronto

Cinco vezes. O novo criador, o cara que vai dominar a banda, precisa ser assim. Precisa saber criar -e muito bem, mas deve entender também o máximo sobre tudo aquilo que envolve o processo que começa antes mesmo do PLIM da idéia e vai até depois do OK do cliente pra ir pra rua.

Envolve idéias, referências, produção, MAS envolve TAMBÉM estratégia e conhecimento do negócio do cliente. Vale entender mais, até, sobre o resultado da campanha na mídia. A internet, por exemplo, permite ir mensurando ao vivo uma ação e mudando ao longo do caminho.

E não espere por ninguém, ou no caso das agências mais estruturadas, o departamento de planejamento. Uma campanha, uma idéia, não precisa necessariamente de um planejador, MAS precisa ser planejada. É batata: quando mais curiosidade, mais informação tivermos, e mais entendermos do todo, melhor vai ser o resultado daquilo que passar pelas nossas mãos.

A Perestroika e o conteúdo das aulas, surgiu desta crença, até. A soma das aulas tenta mostrar isso. O estímulo ao "foi lá e fez". A tentantiva de fazer os alunos experimentarem de tudo: de uma stand up comedy a uma campanha colocada na rua, valendo Brahma. As aulas de referências criativas e marketing criativo com perspectivas, cenários e possibilidades. Isso o novo criador precisa pra caramba. Só que não adianta ter isso e querer ser redator ou DA (ou os dois, como é comum na Ingleterra) e não saber a técnica. Porque só sabendo tecnicamente que o cara coloca CINCO VEZES o nome dele na ficha. Tem que saber fazer. E bem. Por isso maratona de títulos.

O Tim Piper é mesmo um belo exemplo. É neste tipo de gente que o nego que tá começando precisa mirar. Entender o padrão dele. Em entrevista sobre a campanha do Evolution e o filme Onslaught (o primeiro deste post, mas que na real foi ao ar depois do segundo mostrado aqui) o Tim fala que eles sempre souberam que o Evolution tinha mais potencial viral (e tem) que o Onslaught, mas que a mensagem do segundo é muito mais poderosa. Filhodaputa, pensei: primeiro eles viralizaram com o Evolution, depois lançam o segundo já "contaminado". Todo mundo quer ver, em função do primeiro, e vai tomar um soco na barriga pela mensagem -que eu acho FODA. Essa, pra mim, é outra graaaaande idéia dessa ação que só estudando a gente descobre. E ele sabe disso.

Numa outra entrevista, ele conta todo o conceito da marca Dove, da relação aberta com o cliente e a multiplicação de toda a ação numa plataforma incrível. Fala que eles sabem quando precisam seguir policies porque é mais eficiente mesmo e quando o conteúdo da comunicação é a idéia poderosa. Tipo, o cara entende de conceito, de marca, de posicionamento. E sabe fazer.

Descobri mais este filme que ele aparece como redator e diretor.



No YouTube dá pra achar o USER dele tb.

Que o cara sirva de inspiração. Esse envolvimento e conhecimento dos processos todos deu GP em Cannes em FILMES e CYBER.

4 comentários:

Guile Grossi disse...

Muito tri. Vale lembrar também os próprios criadores do Youtube, que fizeram gente como Tim Piper abrir um canal.

gabe disse...

Ahhh! demais de bom!

Acho que qualquer um tem capacidade de ser um "multi-criador". Basta ter curiosidade e uma certa inquietação.

leticia disse...

a minha mãe seria uma ótima life coach, era só obedecer o que ela fala, hihihihi...

falando sério, sempre me interessei por várias áreas, mas é preciso pensar que é preciso a pessoa se puxar muito mais, não dá pra ficar no superficial... eu acho...

Mari (turma 1) disse...

eu amo tudo da dove!!!!

mudando completamente, eu tinha que comentar... só eu vi o conrado paulista louco na tv hoje???