Blog da Perestroika

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Feliz Natal.

- Senta aqui no meu colo, meu filho. Que idade você tem?
- Quatro.
- E qual é o seu nome?
- Felipe.
- Então, Felipe, o que você quer do Papai Noel?
- Primeiro eu queria entender uma coisa. Ontem eu fui na festa da minha escola, e o senhor estava lá, distribuindo presentes. Anteontem eu vi uma reportagem no Fantástico, que o senhor estava no Ceará. E agora o senhor está aqui no shopping.
- Hohoho. É que com o meu trenó mágico, eu sou capaz de viajar grandes distâncias muito rapidamente. Mas vamos falar do...
- Você consegue estar em dois lugares ao mesmo tempo?
- Não.
- Porque eu tenho um primo que está neste exato momento no colégio, tendo uma festa com o Papai Noel. Se você está aqui comigo, como pode estar com ele também?
- É, veja bem.
- Não me enrola, Papai Noel.
- É o trenó!
- Não me enrola.
- É que...
- Papai Noel, como é o pólo norte?
- Ah, essa é fácil. É branco, coberto de neve.
- E lá tem pingüins?
- Muitos pingüins.
- Que estranho. Porque ontem eu tava lendo uma enciclopédia e vi que esse tipo de ave não vive no pólo norte.
- É mesmo?
- Acho que o senhor tá me mentindo.
- Sônia, vem aqui!
- O que você quer?
- Traz um whisky duplo, por favor.
- Papai Noel?
- Sim, Felipe.
- Me explica uma coisa. Se você é tão bonzinho, por que você não dá o que as crianças pedem?
- Essa é fácil, meu filho. É que se você não se comportar, eu não posso dar um bom presente.
- Hum. Na minha turma tem um menino chamado Janjão. Ele bate na gente, xinga a professora e vive falando palavrão. Quem fala palavrão o ano inteiro não merece um bom presente, né?
- Isso mesmo, vejo que você aprendeu.
- Então me explica, Papai Noel. Por que todo mundo ganhou presente ruim, e ele a coleção inteira dos Comandos Em Ação?
- É...
- Aqui está o seu whisky.
- Salvo pelo gongo.
- Você está bebendo whisky, Papai Noel?
- Não, é guaraná.
- Por que ela falou "whisky"?
- Porque...
- Dá um gole?
- Não!!!
- Êta, de bom velhinho você não tem nada.
- Felipe, acho que terminou o seu tempo.
- Você é pedófilo, Papai Noel?
- O quê???
- Você passa o dia inteiro com criancinhas inocentes no seu colo, Papai Noel.
- É como o seu pai, ou o seu tio, ou o seu avô. Você senta no colo deles, não?
- Sento sim.
- Viu?
- Mas nenhum deles é viado.
- Perdão, o que você falou?
- Pô, Papai Noel. Tá na cara. O senhor tem essa ajudante gostosa, dando o maior mole, e nada.
- Meu filho, isso é um absurdo.
- Você já meteu guampa na Mamãe Noel?
- Felipe!!!
- Oi.
- Seu tempo acabou.
- Tudo bem.
- É a sua última chance para pedir um presente.
- Só me explica por que o Janjão, que fala palavrão o ano inteiro, ganhou um presente melhor que eu.
- Você é muito jovem, é difícil de explicar.
- Isso me autoriza a falar um palavrão. Agora eu já sei que não vai dar nada.
- A sua mãe vai ficar brava.
- Papai Noel, com todo o respeito que o senhor merece, mas o senhor é meio pau no cu.
- O quê???
- Essa história de se comportar é pura balela. Veja o caso do Janjão. O senhor mente. Garanto que nunca foi ao pólo norte. E ainda fica tomando whisky na nossa frente, o que é um péssimo exemplo.
- Chega!!!
- Se um dia eu virar alcóolatra, ou maconheiro, a culpa vai ser sua.
- Agora você foi longe demais.
- Papai Noel?
- Diga.
- Posso pedir um presente?
- Pode, Felipe, pode. É pra isso que eu estou aqui.
- E se eu pedir, eu vou ganhar?
- Vai.
- Mas eu acabei de chamar o senhor de pau no cu. Pau no cu é palavrão, né? E o senhor disse que quem fala palavrão não ganha presente. Isso é uma contradição.
- Você venceu.
- Isso quer dizer que eu ganhei a discussão?
- Sim, Felipe, ganhou a discussão.
- Eu sempre ganho as minhas discussões. Até do Janjão, mas daí ele me dá uma porrada.
- Se é assim, ele não vai ganhar presentes esse ano.
- Vai sim. Ali na fila está o Janjão, ó. E do lado dele, está a mãe do Janjão. Tá vendo aquele presente enorme que ela está carregando? É um Atari. Nem precisa dizer nada, Papai Noel. Eu já saquei que é a minha mãe que compra os presentes.
- Eu sou o pior Papai Noel do mundo.
- Não é não.
- Eu sou uma farsa.
- Relaxa, Papai Noel. Todo mundo passa por isso. Papai Noel?
- Manda.
- Se eu for embora, o senhor promete que não vai ficar deprê?
- Prometo.
- Se bem que o senhor é um mentiroso, não tenho como saber se está falando a verdade.
- Não sei mais o que dizer.
- Papai Noel, antes de ir, posso pedir o meu presente? Só por formalidade.
- Desembucha.
- Mas tem que ser padrão iogurte, tá?
- Ãhn?
- Porque eu sei como é. A gente pede um brinquedo, e vocês às vezes dão um similar mais barato. E não é a mesma coisa. Se eu pedi um carrinho de controle remoto, não adianta dar um a fricção. Isso traumatiza uma criança.
- Preciso de mais whisky.
- Viu como não era Guaraná?
- Pelo amor de Deus! Diga o que você quer e vá embora!
- Tá, Papai Noel. Tipo assim: eu queria uma fantasia de vaca. Mas se o senhor estiver meio sem grana, um cubo mágico já serve.

14 comentários:

Ljnkä Kópjkät disse...

aunnnn.
adoooorei.
mto melhor do que milagre na rua 34.



bjos
e feliz natal.

Beto Galetto disse...

valeu por me fazerem rir em pleno "meio expediente" natalino ;)

Beto Galetto disse...

ah, feliz natal pra vocês também :D

g!panichi disse...

O Tronquini ficou sem falar palavrão (quase) o ano inteiro e ganhou um Fox.

Gabriel disse...

Cara, que negócio doido.

Fuderucomosantaclaus!

Feliz natal a todos ai, mtos presentes.

O meu ja ganhei, a vaga na turma 3.

abraço!

Guile Grossi disse...

eita ferro.

Feliz Natal, povo.

M. Morem disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaausdhhudsauhsaduhsadusdauuhsadhusaduhasdhuasdhuuhasuhsduashduashduasdhuasdhausdhasuauhauhsuhdsauhauhuhuhAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAaahashdhasdhashhahahahahhahasudhashudsahdhsuadhusadhudsahuashhahahahahahhaAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!

ufa!

é nóis, répi cristimas, Mano!

Pinky disse...

eu tenho que parar de rir do nada.
já ameaçaram me internar.

Jonão disse...

MEU DEUS! "- Não sei mais o que dizer."

AHAHAHAHHAHA

FELIZ NATAL!

Janjão disse...

Vou te dar umas porradas, Felipe!




(abrs, M.)

Ana disse...

hauahuahuah
Muito bom!!


:)

FELIZ NATAL!

Gabi Elias disse...

esse Felipe...
sem palavras

Feliz Natal!!
=D

Anônimo disse...

que bom que vcs gostaram. amanhã escreverei a versão do rafa ensinando o coelhinho da páscoa a roubar a cor do lado.

tg

Mari disse...

hahaah amei!!!
feliz natal e se comportem!!!!