Blog da Perestroika

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

O valor do design

Conta a lenda uma história fantástica de um jornalista que foi questionar Picasso sobre o valor da arte. Afirmava que a questão era subjetiva demais, nada concreta, numa crítica pesada aos artistas.

Picasso pegou então uma nota de 1 dólar e perguntou:
- Quanto vale essa nota?

"Um dólar, claro" - respondeu o jornalista.

O artista espanhol pegou então a nota, assinou seu nome nela e disse.
- Vá vendê-la agora e descubrirás o valor da arte.

A Alessi (alessi.com) é uma marca de utensílios do lar italiana muito animal, inspiradora, que pensa diferente. É a Apple do setor.

Conheci há uns 6 anos, na época que trabalhava no DCSLAB, num projeto para a Tramontina. Quem nos indicou foi inclusive o "seu Clovis" (Tramontina).

Hoje visitando a flagship da Alessi, no Soho, tive ainda mais certeza do valor a-b-s-u-u-u-u-r-d-o do design como diferenciação de marca. Coisa que os empresários brasileiros teimam em entender. Ou que estamos pecando em não oferecer.

Produtos do dia-a-dia, simples, idiotas e óbvios na sua função, ganham valor, viram objetos de desejo através das idéias. Ao invés de comprar saca-rolhas e um fúnil, por exemplo, passamos a comprar humor. Diversão. Assunto com os amigos, com a namorada, o marido. E isso não tem preço.

Onde sempre vimos objetos triviais, banais mesmo, os designers da Alessi víram inspiração. Eu adorei e paguei mais de um dólar por eles.



3 comentários:

g!panichi disse...

Bah, no espelho aparece o mesmo aba-reta do post anterior!

Medo...

Maurício Antunes - epa!! disse...

Cara, ducaralho! eu adoro arte em UD e qualquer coisa que esteja ao meu redor.

Minha casa é bem colorida e cheia de formas estranhas e bem humoradas. Podes ter certeza que vou procurar alguma peça da Alessi. Achei muito ducaralhO!

Marcelo Jung disse...

Não esquece da minha lista de compras quando tu passar no Duty Free.