Blog da Perestroika

terça-feira, 25 de março de 2008

É hoje! É hoje!

Nossa, parece que foi ontem que eu escrevi aquele post sobre o começo da nova edição do Big Brother Brasil. Mas já fazem 79 dias.

Quase 3 meses, um carnaval e uma páscoa depois está acabando um dos meus programas preferidos da TV brasileira.
Uma das grandes mudanças dessa edição do BBB foi justamente a de ter deixado de ser um dos meus programas preferidos da TV brasileira. Não sei o que aconteceu. Quebrou a magia, acho. Na real, está meio previsível demais. Todo mundo já pegou a manha do jogo. Os espectadores e os participantes.

Talvez essa tenha sido a principal marca desta oitava edição: a apatia. Parece que ninguém mais fica brabo com o outro, porque sabe que o pessoal de fora não vai gostar. Ninguém fica puto porque foi pro paredão. Todo mundo entende, tudo. Faz parte. É o jogo.

Essa previsibilidade afeta o tesão, como em toda relacionamento.

Boninho, Bial e sua turma inventaram algumas coisinha para apimentar a relação: o Big Phone e o Pardão Triplo foram iniciativas interessantes, mas ainda não o suficiente. Acho que está na hora de renovar o argumento do programa, colocando novidades realmente novas. E não falo isso por má vontade com o programa. É mais saudade mesmo.

***********************************

Previsão


Até ontem, achei que o Rafinha ia ganhar certo. O cara é carismático, sempre se relacionou muito bem com todo mundo, não pegou ninguém, foi fiel à namorada (que é uma baita gostosa - ver abaixo) mesmo fazendo sucesso com a mulherada da casa. Mas sei não. Acho que é bem possível que a Gysele acabe ganhando. Não sei como. Até porque a menina inverteu o fio no jogo. Achei que ela tava tribem no começo, achava ela linda. Depois, foi ficando quietinha demais. Não sei se o povo ficou com pena dela. Ou se faltou atitude sexual por parte do Rafinha. Mas apesar de torcer para ele, agora apostaria nela por uma vantagem pequena. Tipo 55% contra 45%


Luiza - A namorada empenada de Rafinha.

***********************************

Vamos fazer um exercício e mandar algumas sugestões do que poderia melhorar no programa pra Globo. Eu começo com uma sugestão:

- Fazer um Big Brother somente com os participantes que já ganharam.

Comenta aí

8 comentários:

Bruno disse...

http://www.uhull.com.br/2007/03/25/vai-votar-em-quem-no-final-do-bbb8/
descoberto o "problema" da Gysele.

mariana disse...

achei a mesma coisa dessa edição,
eu vi que eles queriam fazer uma edição só com participantes mais velhos (45+) acho que pode ser interessante, afinal é um povo que já é mais maniatico e talvez crie um motivo a mais para conflitos.
vi tambem q o boninho quer fazer um bbb de celebridades, a lá casa dos artistas, que eu amava!
sei lá se dariam certo mas no fim todo mundo assiste!!!

Marcelo Jung disse...

Se eu fosse o mané do Boninho, faria uma espécie de BBB ALL STARS.
Estrelando os ex-bbbs barraqueiros Tina, Adriano, André Gabeh, Jean Massumi, Harry, Rogério, Alberto Caubói.
E as gostosas Sabrina Sato, Manuela, Grazi, entre outras.
Ia ser no mínimo engraçado.

Menezes disse...

Realmente foi fraco.

Algumas regras informais de comportamento realmente atrapalham. A escolha do público viciadissima, as personalidades fáceis demais de compreender. Mesmo que a globo tenha se puxado mais no Casting, coisa que pecou muito no passado, os participantes foram mais rápidos em CORRER Atrás da bagaça e vencerem o imprevisível.

BAMBAM ganhar foi uma surpresa absurda, pra quem lembra. Coisa de duas semanas finais.

Alemão, do BBB7 e Rafinha eram vencedores já na metade do programa.

Mas enfim, também tem outra hipotese. Não foi o BBB que piorou. A vida fora da casa que tá melhor.

Ljnkä disse...

participando só alunos da perestroika, ah tri.


nah, sério, tô de saco cheio do programa já, só espero a versão de celebridades pra 2010. O contrato com a Endemol encerra em 2012, ainda vai rolar mta coisa, mas acho que é fato que todo mundo começou pelo menos, a enjoar.
...bah, os 4 primeiros foram mto legais. Não perdia um, assistia a maioria na praia, e ninguém se opunha quando pegava o controle e ligava no big brother. Hj em dia...

M. Morem disse...

tinham quem fazer uma versão onde tivesse só jogadores de futebol e dançarinas de axé/funk.

ia ser a maior putaria da história da tv.

BAH, EU NAO TROCAVA ESSA NAMORADA DO RAFINHA NEM POR 8 JULIANAS.

agora entendo o cara.

Lucas m disse...

Eu achei o BBB 8 do caralho.
É um baita privilégio assistir de camarote a reação dos outros.

Eu faria um BBB só com pessoas simpáticas, certinhas e de bom coração.
Imagina elas disputando 1 milhão.

g!panichi disse...

Eu faria um BBB só com cegos, surdos ou mudos.