Blog da Perestroika

quinta-feira, 20 de março de 2008

Impressoes sobre a Italia

Deu, finalmente consegui me organizar para escrever um post decente.

Na real, muita coisa eu vou deixar de comentar aqui, porque nao consigo passar as fotos da minha maquina para o computador do hotel. Prometo que na volta eu organizo tudo e publico no Blog.

Ah, e novamente conto com a paciencia de vcs pelos acentos e possiveis erros de portugues. Imaginem que eu estou escrevendo num teclado tcheco, onde o "z" eh no y, o "y" eh no z e uma simples arroba demanda a combinacao alt+64. Sem falar nos acentos nas consoantes, que surgem a todo momento. Ex: ščřžý.

***

Meu hotel em Roma era bem bacaninha. Nao chegava a ter design do Starck, mas tinha um certa chinfra. O nome era Ripa Hotel, e o conceito dele era todo em cima de design. Nunca tinha ficado num hotel assim, mais metidinho, porque tinha muito aquela filosofia de que "hotel eh soh para dormir". Confesso que senti diferenca.

Em Veneza fiquei num pico ainda mais preza, chamado Rezidenza Cannaregio . O conceito era completamente antagonico. Todo rustico, misturando madeira e tijolo a vista com uma iluminacao do cacete. De novo: me senti tao bem que nem tinha vontade de sair de lah.

Mas o que vale de tudo isso eh que, nao importa o estilo, nao importa o que vc fizer, o importa eh fazer bem feito. Porque se vc fizer bem feito, sempre vai haver um publico fiel querendo consumir o seu produto ou o seu servico.

***

Uma coisa nao dah pra negar: os italianos e as italianas sao elegantes pra caralho. Tah certo que eu estou em pleno inverno europeu, e isso por si soh jah dah uma disfarcada. Mas ainda assim, seria muita injustica nao reconhecer que os caras por aqui tem a manha.

O mais curioso eh que para ser elegante como os italianos, vc soh precisa de duas coisas.
1 - Ser magro
2 - Usar tons sobrios

Eh isso aih. Com um shape legal e uma roupa preta/branca/cinza/marinho/marrom, voceh vai estar sempre bem.

***

Nao tenho o mesmo dom que o Rafa e o Marcio para detectar tendencias de moda. Mas pelo pouco que eu pude notar, o grande lance em termos de calcados eh o DOURADO. Nao sei se era eh uma novidade velha, mas eu pelo menos fiquei impressionado com a quantidade de tenis/sapatilhas/sapatos ou totalmente dourados, ou com detalhes em dourado. Desde as grifes mais metidas, com as Valentino e Gucci da vida, aos Nikes e Adidas. Pelas ruas, tambem percebi bastante gente usando, tanto homem quanto mulher.

Ateh lembrei que, ha uns anos, a Adidas lancou um modelo de chuteira dourada, que o proprio Kaka usava. E que, grosseiramente, parece ter dado origem a um novo modelo da Adidas.

***

Antes de vir para a Europa, li num guia que uma viagem eh exercitar os cinco sentidos. Adorei este conceito e tenho tentado exercitah-lo ao maximo. Quando saio na rua, sempre procuro olhar, mas tambem ouvir com atencao e ateh tentar perceber o cheiro dos ambientes. Em alguns casos, como a Piazza San Marco, cheia de pombos, esse eh um exercicio perigoso. Mas ainda assim, tem me valido experiencias inesqueciveis.

***

Estou me achando porque jah me confundiram com tudo, menos com brasileiro. Jah perguntaram se eu era italiano, frances, etc, etc, etc. Por sinal, vi pouquissimos brasileiros nos locais que eu fui. O que reflete um pouco a fraqueza do Real em relacao ao Euro. Ha alguns anos, quando o dolar era 1 pra 1, era mais facil. Agora tem que dar uma organizada no orcamento.

Por outro lado, tenho visto muito mais orientais que nas minhas outras viagens. Mais japoneses e coreanos do que chineses - um dia eu explico como identifiquei a diferenca nas feicoes de cada um.

***

Como fiquei completamente desamparado sem o BBB aqui na Europa, tenho acompanhado o similar italiano, denominado Grande Fratello.

Na boa: eh uma putaria soh. Num clipezinho que acompanhei, vi uns cinco casais diferentes se agarrando.

Eh engracado que o BBB daqui eh mais comentado. Eh como se o Bial deles estivesse sempre explicando o que estah se passando na acao.

Tambem tem um lance gozado, que fica uma tela grande rolando, enquanto que outras tres cameras ficam na parte inferior da tela. Meio pra gente acompanhar tudo o que estah acontecendo ao mesmo tempo.

Alem do BBB, tenho visto bastante o Show do Milhao italiano. Que eh um sucesso e estah no ar ha quase 10 anos. Diferente do nosso, as perguntas sao muito foda e o convidado eh obrigado a justificar a sua resposta. Muito legal.

Sem falar em futebol e F1. O VT de Roma e Milan, que eu vi ao vivo pela TV, repetiu sem sombra de duvida umas 10 vezes. Os caras sao muito fanaticos.

***

Ah, soh pra nao perder a deixa. Essa viagem me fey confirmar a teoria de que DAH PRA VIAJAR GASTANDO POUCO PARA QUALQUER LUGAR DO MUNDO. Se o cara quiser se alimentar soh de tralha, o cara gasta 5 Euros por dia em comida.

***

Veneza eh foda. Quem nao conhece, por favor. Quebre o porquinho, assalte um banco, venda a alma, sei lah. Mas esse eh o tipo de lugar que o cara nao pode morrer sem conhecer.

Nunca entendi aqueles que falam que Veneza eh suja e mal cheirosa. Nao percebi nenhum dos dois - e olha que eu estou com os meus sentidos a mil! Talvez porque seja inverno, mas nao importa. Com cheiro ou sem cheiro, eh imperdivel.

***

Fui ver uma missa do Papa. Dah pra perceber que o cara nao eh lah muito pop, como era o Joao Paulo II. Ainda assim, ele consegue juntar uma multidao de tiazinhas no domingo de manhah. Eh foda porque, com tanta gente junta, comeca a se formar uma catarse coletiva e, quando o cara nota, estah meio envolvido pela bagaca. Fo bem legal.

***

E jah que o Blog eh sobre propaganda, e nao sobre viagens, eu aproveito pra fazer um link com o nosso ganha-pao.

Sabe quando chega aquele pit na sua mesa, para criar UMA SACOLA, e voceh pensa "ah, vou matar isso em cinco minutos!".

Pois eh. Da proxima vez, gaste um pouquinho mais de tempo.

Explico.

Estava eu, num lojinha, e vi uma mina com a sacola da Nike Store. Pensei "ueh, eu nao vi Nike Store aqui!". Pedi licenca e perguntei para a vagaba onde era a loja - Marcio, quem queria ir era a Dodo, viu? Eu continuo fiel a marca!

Tres dias depois, eu estava na rua, andando com uma sacola da Foot Locker, e uma americana me parou no meio da rua para perguntar onde era a loja.

Em ambos os casos, percebi que as sacolas da Nike e da Foot Locker tinham um puta personalidade. Uma era laranjona, soh com o logo. Enquanto que a outras era toda listrada de preto e branco. Dois outdoors ambulantes que estimularam, por tabela, duas familias a consumir os seus produtos.

Eu gosto muito quando o Marcio fala dos Jumentos e de como gastamos muito tempo pensando no que nao necessariamente eh o mais importante para o cliente. Acho esse um caso classico do material que eh dado para o estagiario criar, porque nao tem glamour. Mas que pode ser uma puta ferramenta de venda, se for visto como um estimulo a todos aqueles que estiverem na rua sendo impactados pela marca.

***

Teria muito mais coisas para dizer. Mas, como jah falei no inicio, sem foto fica comprometido.

Em breve, minhas impressoes de Praga.

Beijos, abracos.
tg

5 comentários:

mariana disse...

seus publicitarios!!!!
antes caissem bastante pits de sacolas na minha mesa!!!
sacolas são tudo!!!

Anônimo disse...

Do caralho.
Aproveita.
M.

Galmaran disse...

See here or here

Gabi Elias disse...

Invejinhaaa.

Bah! Como sabe se é coreano, japonês, ou chinês? hahahahhaha. Quero saber essa.

Ana Rovati disse...

Sacudiu uma caixinha de fósforos no meio das pombas??

:)